Maternidade

orientações gerais

Dia do parto

É chegada a hora tão esperada dessa jornada!

  • Parto Normal, natural ou cesárea?
  • O que as evidências científicas dizem sobre o processo ideal para a chegada de uma nova vida?
  • Qual é a “melhor maneira de nascer”?
  • Quando é esse dia?
  • Como vou saber se está na hora?
  • Será que vou saber qual é a hora?
  • Quando devo ir para o hospital?

Essas são perguntas frequentes entre as mulheres grávidas.
Algumas dicas importantes:

  • ao entrar no 9º mês, seu bebê já está pronto para nascer; cada bebê tem seu tempo próprio e sua gestação pode demorar até 41 semanas, período adequado para ele nascer;
  • seu corpo vai dar uns sinais que está se preparando para o dia do parto, chamamos esse período de “pródromos de trabalho de parto”. Os pródromos são uma fase de preparação para o trabalho de parto. Sua característica é a presença de contrações irregulares do útero. Uma dor que vai e vem, às vezes pára, depois vem mais forte, depois pára de novo por um tempo, etc. Pode ser forte, porém é curta e irregular. Os pródromos podem durar bastante tempo, até dias;
  • no trabalho de parto, propriamente dito, as contrações aumentam e ocorre a modificação do colo do útero;
  • mesmo que você precise realizar cesariana por alguma indicação clínica aceitável, lembre-se que o trabalho de parto é um processo importante para a saúde do seu bebê;
  • esperar pode ser difícil, mas esperar permite que o cérebro do seu bebê se desenvolva.

Agendamento criterioso de cesariana

Por que é importante esperar o tempo do bebê?

As funções mais primitivas do cérebro amadurecem em primeiro lugar. O córtex cerebral se desenvolve mais nas últimas semanas da gestação, sendo esta parte do cérebro responsável por controlar funções como cognição, percepção, razão e controle motor. Nas últimas semanas da gestação, o cérebro do bebê desenvolve as sinapses, o crescimento do axônio, dendrites e neurotransmissores. Evidências de imaturidade cerebral é visto em problemas com a respiração, apneia, frequência cardíaca aumentada, alterações do sono e alimentação.

Trabalho de parto é um processo importante para a saúde do bebê

O trabalho de parto sinaliza às células do pulmão do bebê para mudar de produtor de fluidos para absorver o fluido. Além disso, durante a passagem pelo canal vaginal, ocorre compressão do tórax do bebê, levando à eliminação de líquidos das vias respiratórios, o que também irá facilitar o início da respiração.

Outro benefício que só ocorre durante o trabalho de parto e parto normal é a colonização intestinal, bem como de pele, boca e demais mucosas, com bactérias benéficas da microbiota materna. Bebês nascidos por cesariana apresentam uma menor diversificação da microbiota intestinal do que os nascidos de parto vaginal. Por terem um papel protetor, a ausência ou diminuição dessas bactérias benéficas podem ser persistentes e afetar o metabolismo de gordura, predispondo à obesidade, além da expressão de alguns genes com impacto na predisposição a doenças relacionadas à resposta imune, como a asma.

Uma gravidez normal pode durar até 42 semanas. A natureza é sábia e evidências científicas comprovam: parto normal é a opção mais saudável e adequada para a maioria das mães e bebês. Se a sua gravidez é saudável, aguarde o início do trabalho de parto para procurar a maternidade para ter o bebê.

Evite antecipar seu parto, agendando uma cesariana sem indicação clínica. Os bebês que nascem antes de 39 semanas completas de gestação podem ter mais problemas de saúde no momento do nascimento e ao longo da vida quando comparados aos bebês nascidos à termo, ou seja, com 39 semanas ou mais.

Se você for agendar sua cesariana criamos uma Política de Agendamento para garantir a segurança e o bem-estar de seu bebê:

  • a partir das 40 semanas para cesarianas sem indicação médica (à pedido da paciente);
  • a partir das 39 semanas para indicadas tecnicamente;

  • * em outras situações busque orientações do seu médico.

LISTA PARA MATERNIDADE

Lista da Maternidade

Confira nossas sugestões sobre o que levar ao Hospital no momento de realizar a sua internação.

Kit mínimo para você levar no momento da internação no Centro Obstétrico (CO):

  • 01 calcinha
  • 01 sutiã para amamentação e um sutiã ou top (extra)
  • 02 absorventes pós-parto
  • 03 fraldas para o recém-nascido
  • 01 muda de roupa (completa) para o recém-nascido
  • 01 cobertor de acordo com a estação do ano
  • 01 chinelo de banho para a mamãe e um para o acompanhante

As demais sacolas e malas podem ser deixadas no seu carro, para o momento que vocês forem para o quarto, após o nascimento do bebê.

Mala da Mamãe

  • 1 pacote de absorventes pós-parto;
  • 1 chinelo de quarto;
  • 3 jogos de camisolas apropriadas para a amamentação;
  • 6 calcinhas de tamanho maior do que usava antes de engravidar;
  • 1 roupa para o dia da alta;
  • 2 sutiãs para amamentação;

Produtos de higiene íntima: escova dental, escova de cabelos, shampoo, sabonete, creme dental.

Mala do Bebê

  • 1 creme contra assaduras;
  • 1 pacote de fraldas descartáveis para recém-nascidos;
  • 3 conjuntos de pijaminhas;
  • 3 tip-tops de recém-nascido;
  • 1 manta mais fina e 1 cobertor grosso;
  • 1 travesseiro de bebê;
  • 1 escovinha macia para cabelos;
  • 2 sapatinhos, 2 meias e luvas (no frio);
  • 1 touca de algodão, soft;
  • As lembrancinhas;
  • Assento bebê-conforto para o carro.

Mala do Papai

  • Câmera fotográfica/filmadora/carregadores e pilhas, etc;
  • Roupa confortável (para dormir no hospital) e chinelos de quarto;
  • Documentos para registro do bebê.

192

número de emergência

(54) 3455-4333

central de atendimento 24h

3455-4333

RAMAL 1277
sugestões e reclamações

Rua Doutor José Mário Mônaco, 358 - Centro
Bento Gonçalves/RS - CEP: 95700.068

DESENVOLVIDO POR ATRIA DESIGN STUDIO